5 Passos para Trabalhar com Propósito

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

A palavra PROPÓSITO se popularizou de tal forma que, para ser 100% honesta com você, até eu, que sou Coach de Carreira, tenho sentido um certo incômodo ao escutá-la. Mas com os 5 passos que vou te apresentar você terá capacidade de entender e aplicar à sua carreira para trabalhar com propósito.

Algumas pessoas falam sobre Propósito com tanto OTIMISMO que o discurso se torna irresponsável: “Encontre um trabalho que ama e não terá que trabalhar nunca”. Será? 

Enquanto isso, outras pessoas falam sobre Propósito com tanto PESSIMISMO que conseguem desmotivar até a pessoa mais animada do mundo: “Você não é uma criança mimada, trabalho é para pagar boleto”. Será? 

A minha intenção é sair desses dois pólos e trazer a gente para um debate intermediário e realista. O que é Propósito, na prática? Como podemos aplicar este conceito na nossa VIDA REAL? 

Quer saber mais sobre essa dualidade? Te indico o episódio 19 do Podcast Cérebro e Carreira

Passo 1: Diferenciar o Propósito Primário e Secundário

Descubra qual deve ser aplicado a sua carreira.

Nós dedicamos grande parte dos nossos dias e, por consequência, das nossas vidas ao trabalho e a carreira. Isso mostra como o nosso trabalho assume um papel importante na nossa identidade. Além disso, é através do trabalho que fazemos a nossa renda e bancamos o nosso estilo de vida.

Mas perceba que tudo isso foi uma decisão coletiva humana. A função dos humanos na Terra NÃO PODE SER trabalhar e ganhar dinheiro, por que isso foi uma escolha nossa. 

Nós humanos estamos aqui na Terra para um PROPÓSITO além de trabalhar. Esse é o chamado Propósito Primário. Independente da sua crença ou religião, a razão de estarmos aqui é simplesmente SER, evoluir e amar incondicionalmente.

Esse Propósito já está sendo cumprido. Talvez você não esteja dando a devida atenção a ele, mas não tem como você NÃO estar cumprindo esse propósito. Cada dia da sua vida está SIM preenchida do seu Propósito Primário.

  • Propósito Secundário

O Propósito Secundário é muito individual e varia de pessoa para pessoa. É o motivo de EU estar aqui. Qual o motivo de EU vir nessa vida, nessa época, com essas pessoas? E esse Propósito Secundário está ligado à nossa carreira e ao nosso trabalho.

Então, sempre que eu falar de Propósito daqui para frente eu quero que você entenda que eu estou falando do Propósito Secundário.

Passo 2: Compreender o sentido do trabalho

O propósito vai nortear as suas atividades todos os dias.

Todo trabalho tem um sentido. Por que aquele trabalho existe? Qual a função daquele trabalho? Para ilustrar isso vou te contar uma história…

Três pedreiros estavam trabalhando e uma pessoa que estava passando se aproximou de cada um deles e perguntou: o quê você está fazendo? O primeiro pedreiro respondeu que estava pegando um tijolo e colocando em cima de outro tijolo. O segundo pedreiro respondeu que estava construindo a igreja da sua cidade. O terceiro pedreiro falou: eu estou construindo a casa de Deus.

Não tem uma resposta certa ou errada, mas é nítido que cada um dos pedreiros via um sentido diferente no trabalho que estava realizando.

Essa história foi comprovada cientificamente em um estudo comportamental feito por Amy Wrzesniewski. Os cientistas fizeram várias perguntas a um grupo de assistentes administrativos a respeito do trabalho e sua satisfação com relação a ele. Os cientistas descobriram que dentre todos os assistentes administrativos existem 3 grupos.

  • ⅓  percebiam o trabalho como um emprego, então o foco era o salário.
  • ⅓  viam trabalho como uma possibilidade de carreira, estavam muito focados nos próximos passos e nas conquistas atreladas aquela função. 
  • ⅓ viam a sua posição como uma vocação, um trabalho extremamente útil a outras pessoas.

Ou seja, as pessoas vêem sentidos diferentes no trabalho. O mais interessante desse estudo foi que os cientistas identificaram que essa mesma proporção de ⅓ em várias outras profissões.

Isso nos comprova que não existe uma atividade que tem Propósito e outra atividade que não tem Propósito. O Propósito não está na atividade, e sim na visão que a pessoa tem sobre a sua atividade.

Passo 3: Focar na contribuição

Se pergunte… “Como EU posso ajudar?”

Não existe posição mais nobre ou menos nobre no planeta. O mundo precisa de várias soluções. Não importa se você está resolvendo um problema de escala global ou de escala local, mas sem dúvidas você está resolvendo algum problema. É muito importante que você foque nessa contribuição para você conseguir acessar o seu Propósito.

Talvez você possa estar buscando um novo trabalho a partir do seu Propósito ou talvez você queira reencontrar o Propósito do seu trabalho atual. A melhor forma de alcançar esses objetivos é adotar uma mentalidade assistencial. E uma pergunta que ajuda a encontrar essa mentalidade é: quem eu vou ajudar hoje? Como eu vou ajudar o mundo hoje?

Ou seja, quanto mais disposta você estiver para contribuir, mas conectada com seu propósito você vai estar.

Segundo a Forbes, as empresas com propósito, mais especificamente as que traziam contribuições à sociedade, foram as que mais prosperaram durante a pandemia da Covid-19 (e com a sua carreira não poderia ser diferente). 

Passo 4: Explorar seus talentos

Todo mundo tem talentos. Quais são os seus?

Nós não queremos fazer qualquer contribuição ao planeta e as pessoas, queremos fazer aquela contribuição que mais tem a ver com as nossas habilidades, com os nossos talentos. Ou seja, você quer oferecer o que você tem de melhor.

Qual contribuição VOCÊ tem para dar? Quais são as SUAS melhores características que podem servir ao mundo?

Uma vez que você sabe quais são os seus talentos, você tem duas opções: ou você vai reorientar a sua carreira para que você use esses talentos e se aproxime do seu Propósito; ou você pode encontrar uma forma de no seu trabalho atual aproveitar melhor os seus talentos. 

Passo 5: Arriscar

Sonhar (apenas) não vai tirar você de onde está…

Se você tem uma personalidade mais parecida com a minha, controladora, talvez só de ler a palavra ARRISCAR já te dê um frio na barriga… Mas esse é o passo mais importante.

Eu vejo muitas pessoas que são extremamente sonhadoras na ideia de trabalhar com Propósito e alcançar essa realização pessoal, mas por outro lado não estão preparadas para lidar com seus próprios medos, para aceitar incertezas, para cometer alguns erros no meio do caminho.

Então, para essas pessoas eu gosto de questionar: como é que você quer voar com os pés no chão? É impossível voar com os pés no chão.

Você precisa jogar tudo para cima. É possível fazer uma transição de carreira de forma segura, inclusive nesse artigo eu falo mais sobre isso. 

Para a gente alcançar essa grande satisfação, muito provavelmente a gente vai ter que correr alguns riscos. Contudo, esses riscos podem e DEVEM ser calculadas. 

Estudos do Adam Grant comprovam que pessoas que trabalham com Propósito conseguem se destacar em relação às outras e por isso alcançam sucesso com mais probabilidade. Isso significa que, se você conseguir unir os seus interesses pessoais com os interesses da sociedade, você vai alcançar um trabalho com Propósito e tem grandes chances de “dar certo”. 

Espero ter clareado a ideia de Propósito e tornado essa jornada mais realista para você! 

Se você gostou deste artigo e quer saber mais sobre propósito te indico o meu aulão no youtube sobre o tema.